Prefeitura de São Paulo encerra neste fim de semana o Carnaval de Rua 2020

Confira a exposição “A outra África” no Museu de Arte Sacra de São Paulo
fevereiro 27, 2020
Saiba mais sobre o transplante de medula óssea
março 2, 2020

Prefeitura de São Paulo encerra neste fim de semana o Carnaval de Rua 2020

A Prefeitura de São Paulo encerra neste fim de semana (dias 29/02 e 01/03) o Carnaval de Rua 2020, já considerado o maior da história da cidade. A programação contará com mais 157 desfiles, sendo 83 no sábado (29/02) e 74 no domingo (01/03), incluindo apresentações dos cantores Bell Marques, Anitta, Daniela Mercury e Preta Gil.

Sobre a programação

No sábado (29/02), o público poderá participar de blocos como o Te Amo Mas Só Como Amigo (Pinheiros), Charanguinha do França (Sé), Lua de Mel (Sé), Desliga e Vem (Pinheiros), Pequeno Burguês (Santana), Cowboy (Lapa), 50 Tons de Pinga (Mooca), entre outras atrações.

No domingo (01/03), a apresentação da cantora Anitta promete arrastar uma multidão de pessoas a região do Ibirapuera. Já na região Central, a cantora Daniela Mercury finaliza as festividades com o bloco Pipoca da Rainha. Veja a programação completa dos desfiles de pós-carnaval clicando aqui.

A ocupação das ruas da maior cidade do país durante a celebração do Carnaval de Rua 2020, entre os dias 15 de fevereiro (pré-carnaval) e 1° de março (pós-carnaval), projeta um impacto econômico na capital paulista que deve ultrapassar os números do Carnaval de 2019, que movimentou R$ 2,3 bilhões (carnaval de rua e Sambódromo), segundo pesquisa do Observatório do Turismo da Prefeitura de São Paulo.

Saúde

A cidade de São Paulo conta 20 postos médicos montados pela Prefeitura em estruturas fixas provisórias nas localidades com grande concentração de pessoas (desfiles de blocos), nos dias de evento. O funcionamento iniciará duas horas antes do horário marcado para o evento no local e será encerrado somente quando a Polícia Militar der por encerrada a programação nos locais.

Cada posto médico contará, no mínimo, com 10 profissionais: dois médicos, um enfermeiro e sete técnicos de enfermagem. O sistema de atendimento móvel será composto de 100 ambulâncias em cada dia de evento, divididas em 30 ambulâncias UTI e 70 ambulâncias de suporte básico.

O munícipe, quando estiver fora da área dos desfiles e impossibilitado de deslocamento até uma Unidade de Saúde, deve ligar ao SAMU-SP-192. Vale esclarecer que o SAMU tem um protocolo de atendimento que orienta o solicitante até a chegada do recurso de saúde.

Trânsito

Agentes da CET e técnicos da SPTrans vão monitorar o trânsito e o transporte público, orientando os munícipes a respeito de vias interditadas e rotas alternativas, desvios de itinerários e pontos de ônibus desativados.

Ao longo do fim de semana, as equipes estarão presentes em toda a cidade. A CET irá contar com 496 agentes de trânsito por dia, 476 viaturas e 62 painéis de mensagens variáveis (PMVs) para garantir a fluidez do trânsito, orientar motoristas, pedestres e ciclistas e implantar mudanças no trânsito, sempre que necessário.

A SPTrans irá organizar desvios em 340 linhas de ônibus com alterações temporárias em seus itinerários entre sábado e domingo. Aproximadamente 690 funcionários da SPTrans estarão em ação 24 horas por dia, atuando nas mais diversas frentes de trabalho.

Nas centrais de operação da SPTrans e da CET será feito o monitoramento e gerenciamento dos sistemas de trânsito e transporte ao longo de todo o período de festa. No período de desfiles serão utilizados 3.500 cavaletes (por dia), além de 1.764 faixas e banners e 11 mil metros de gradis.

Informações sobre interdições, desvios e trânsito na cidade durante o carnaval no site da CET: http://www.cetsp.com.br/carnaval

Limpeza Pública

A operação de limpeza do Carnaval 2020 conta com mais de2.900 agentes de limpeza atuando nas ruas da cidade.  Pelo segundo ano consecutivo, a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) enviará 100% dos resíduos coletados da varrição para as duas Centrais Mecanizadas de Triagem da Prefeitura, a fim de aproveitar o máximo possível de materiais recicláveis. Os serviços de limpeza contam com uma frota de 320 veículos, 505 contêineres de mil litros e 1.140 cestos aramados.

Ônibus Lilás

O ônibus ficará na Praça da República, entre os dias 29 de fevereiro e 1º de março. Na unidade móvel, uma psicóloga e uma assistente social receberão denúncias de assédio e violência contra as mulheres, durante os desfiles dos blocos. A Guarda Civil Metropolitana (GCM), por meio do seu programa Guardiã Maria da Penha, estará presente dando apoio e fazendo a segurança do Ônibus Lilás durante os dias de festa.

A operação da Prefeitura de São Paulo durante o carnaval 2020 também conta com a participação das secretarias municipais Cultura, Turismo, Subprefeituras, Assistência SocialSegurança Urbana, Comunicação, Licenciamento e Desenvolvimento Urbano. Saiba todos os detalhes clicando aqui.

Fonte: Prefeitura de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *