Venham participar da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo

Saiba mais sobre a hanseníase : campanha continua ao longo do ano
fevereiro 7, 2020
Participe da Feira de Empregabilidade promovida pela Faculdade Zumbi dos Palmares
fevereiro 13, 2020

Venham participar da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo

Imagem: iStock/Getty Images.

Até o dia 13 de março vai ocorrer a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo para o público de 5 a 19 anos. O Dia D está marcado para este sábado (15). No mesmo período, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) intensificará a vacinação contra sarampo em pessoas de até 29 anos de idade e também contra febre amarela.

Contra a febre amarela, a campanha será realizada para todas as idades conforme calendário de vacina. Atualmente recomenda-se uma dose aos nove meses de idade, e um reforço aos quatro anos de idade.

A vacina tríplice viral é aplicada de rotina nas crianças de 12 meses de idade em todos os postos de saúde. Para as crianças a partir de 15 meses, a segunda dose deverá ser aplicada a vacina Tetraviral, desde que já tenha recebido uma dose de tríplice viral, com intervalo mínimo de 30 dias.

A recomendação atual é que as crianças a partir de 6 meses até 1 ano também sejam vacinadas, Esta dose não será considerada válida para o esquema de rotina. A criança deverá receber novamente a triplice viral aos 12 meses e a tetraviral aos 15 meses de vida. Leve seu filho até uma unidade de saúde com a carteirinha para que um profissional habilitado verifique se há necessidade ou não de vacinação.

E vale lembrar que a vacinação contra o sarampo segue o calendário normal para as outras faixas etárias. Para pessoas de até 29 anos a orientação é a mesma: duas doses comprovadas. Já quem tem entre 30 e 59 anos precisa ter pelo menos uma dose da tríplice viral.

As ações de bloqueio continuam, quando há notificação de casos suspeitos de sarampo, com o objetivo de interromper a transmissão da doença, independentemente da confirmação do diagnóstico. Os bloqueios são desencadeados na residência do paciente com suspeita da doença, bem como em locais frequentados por ele, como escola ou local de trabalho. 

Importante: A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde do Município. Consulte a Unidade de Saúde mais próxima de você para realizar a Vacinação no Município de São Paulo.

Fonte: Secretária Municipal da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *