Óculos que transforma textos em áudio chega na Biblioteca Mário de Andrade

Participe dos cursos do Sebrae na região do Butantã
fevereiro 5, 2020
Saiba mais sobre a hanseníase : campanha continua ao longo do ano
fevereiro 7, 2020

Óculos que transforma textos em áudio chega na Biblioteca Mário de Andrade

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) junto da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) entregam nesta quarta-feira (5) um óculos Orcam MyEye para a Biblioteca Mário de Andrade. A ferramenta tem como objetivo, garantir mais acessibilidade a população que frequenta os equipamentos culturais na cidade.

Em 2018, foram distribuídos 54 óculos que possuem uma pequena câmera inteligente, que escaneia e lê os mais variados tipos de textos, códigos de barras e cores, entre outros. Com o aparelho, as pessoas com deficiência visual podem buscar, nas próprias estantes das bibliotecas, o livro que desejarem. Desenvolvido pela “Mais Autonomia Tecnologia Assistiva”, o equipamento pode ser aplicado não só em livros, mas também jornais, revistas, placas de rua, cardápios de restaurantes, nomes de lojas, mensagens do celular, placas de sinalização e folhetos. Com o dispositivo, o acervo das bibliotecas tornou-se completamente acessível, garantindo autonomia e liberdade à pessoa com deficiência.

As bibliotecas também contam com a tecnologia assistiva dos scanners acessíveis em algumas unidades e ainda oferecem treinamentos para os funcionários. Trata-se de uma parceria firmada entre SMPED, Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Fundo de Interesse Difusos (FID) da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, com apoio da Prefeitura de São Paulo.

Os sites das bibliotecas também garantem a acessibilidade comunicacional. O Sistema Municipal de Biblioteca promove o acesso às suas homepages para pessoas cegas, ou com baixa visão, por meio do recurso de audiodescrição, e para pessoas com deficiência auditiva, por meio do recurso de tradução automática de texto e voz para a Língua Brasileira de Sinais, uma parceria com o aplicativo Hand Talk que conta com um intérprete 3D.

Para mais informações, localizar os equipamentos culturais e as bibliotecas que já possuem os óculos, acesse o Mapa da Rede de Serviços Acessíveis.

Fonte: Prefeitura de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *