25 DE NOVEMBRO: Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Participe da Virada Esportiva 2019
novembro 22, 2019
Castramóvel na Zona Norte
novembro 25, 2019

25 DE NOVEMBRO: Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Desde 1999, o dia 25 de novembro surge como uma data para dar mais ênfase nas campanhas de conscientização e busca por leis com maior agravamento para as mulheres que sofrem quaisquer tipos de violência. Assim, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo mantém os Núcleos de Prevenção à Violência (NPV), instalados em todas as Unidades Básicas de Saúde, além de promover uma programação especial para a data nas UBS da Zona Sul, que você pode conferir aqui.

Sobre os Núcleos de Prevenção à Violência

São compostos por profissionais das próprias Unidades. As equipes atendem, acolhem, orientam e encaminham as mulheres vítimas de violência e são responsáveis pela articulação e participação nas Redes de enfrentamento à violência no território.

As ações dos Núcleos de Prevenção de Violência

• Articular ações de assistência, prevenção e promoção de saúde em nível local, no sentido de estabelecer o cuidado integral às pessoas em situação de violência;
• Organizar o atendimento e criar estratégias para fortalecer o cuidado ampliado e integral das pessoas em risco ou situação de violência nos serviços, utilizando o dispositivo de Projeto Terapêutico Singular e as tecnologias de cultura de paz;
• Promover e participar dos fóruns de discussões e das reuniões da rede local, que tenham como objetivo a prevenção da violência e a promoção da saúde e Cultura de Paz;
• Facilitar espaços para discussão, reflexão e aprimoramento entre os profissionais do serviço de saúde, uma vez que o atendimento dos casos de violência é de responsabilidade de todos os profissionais dos estabelecimentos do SUS;
• Contribuir para o processo de educação permanente dos profissionais envolvidos nos atendimentos dos casos;
• Estimular a formação de grupos terapêuticos de atendimento e encaminhar os usuários para os grupos já existentes no estabelecimento de saúde.

Além dos serviços da Saúde, outras Pastas se integram para a construção da rede de proteção social na prevenção à violência no município. Saiba mais aqui

Campanha de 16 Dias de Ativismo

A Campanha de 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher é um movimento internacional com a participação de várias organizações internacionais que realizam manifestações públicas, articulando e mobilizando toda a sociedade na luta pelo fim da violência contra a mulher. No Brasil, a campanha é realizada desde o ano de 2003. As ações acontecem entre os dias 25 de novembro a 10 de dezembro, período que enfatiza as seguintes datas:

25/11 – Dia Internacional pela eliminação da violência contra mulher;
01/12 – Dia Mundial de combate a AIDS;
06/12 – Campanha do Laço Branco;
10/12 – Dia Internacional dos Direitos Humanos. Em nosso país, a campanha começa mais cedo, em 20 de novembro “Dia da Consciência Negra” para destacar a dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras.

Sobre o 25 de novembro

O Dia Internacional Para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres foi instituído em 1989, pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em homenagem a três irmãs da República Dominicana (Pátria, Minerva e Maria Teresa) conhecidas como “Las Mariposas”. Elas foram assassinadas em 1960, por combaterem, fortemente, a ditadura do presidente Rafael Leônidas Trujillo. Sob a liderança do secretário-geral da ONU, António Guterres, a campanha terá 16 dias de ativismo com o tema “Pinte o mundo de laranja: Geração Igualdade contra o estupro!”

A campanha dura até 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos. O evento, ocorrido nesta segunda-feira, na sede da ONU, teve transmissão ao vivo no site da ONU Mulheres e na Web TV da ONU.

Fonte: Prefeitura de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *