Virada Cultural 2019 no CCSP

Regulamentação para uso de patinetes
maio 14, 2019
Prefeitura permanece com ações de combate à Dengue
maio 16, 2019

Virada Cultural 2019 no CCSP

O CCSP é um dos pontos de encontro da Virada Cultural, evento da Prefeitura da Cidade de São Paulo que busca promover a convivência em espaços públicos, convidando a população a se apropriar da cidade por meio da arte e de suas manifestações.

Cinema
Virada Tarantino

De 17 a 19/5, sexta a domingo – a partir das 15h – livre – Sala Lima Barreto
Maratona de filmes do diretor Quentin Tarantino, incluindo a versão integral de Kill Bill em 35mm.

Virada Megalobox
Dias 18 e 19/5, sábado e domingo – a partir das 18h – livre – Sala Paulo Emilio Salles Gomes
Confira a nova animação japonesa sensação do momento, de Yo Moriyama, considerada a Cowboy Bebop da geração millennials.

Deuses e Monstros do Japão
Virada Phenomena 2019

Dia 19/5, domingo – a partir da 0h – livre – Espaço Cênico Ademar Guerra
Maratona que começa madrugada adentro, com mais de 20 horas do mais estranho e formidável cinema japonês, no extraordinário espaço Ademar Guerra, no porão do CCSP, ambientado especialmente para a Virada.

Performance
Lavoura

Dia 18/5, sábado, às 18h – 8h – livre – Espaço Mário Chamie (Praça das Bibliotecas)
Na Praça das Bibliotecas, o artista Tiago Sant’Anna compõe cópias em gesso de canas-de-açúcar, um dos principais produtos explorados pelo sistema de colonização no Brasil, com a ideia de criar um “fóssil” durante a performance de longa duração.

Artes visuais
Augusto de Campos e Cid Campos – Poesia é Risco

Dia 18/5, sábado, às 21h – 120min – Sala Lima Barreto
Intervenção visual com poemas projetados na fachada do CCSP e espetáculo multimídia na sala de cinema Lima Barreto homenageiam um dos fundadores da poesia concreta, Augusto de Campos, que, juntamente com Décio Pignatari e Haroldo de Campos, é protagonista da maior virada poética no mundo.

Música
Outros Barato: Rodrigo Brandão + Azymuth

Dia 18/5, sábado, às 18h – 90min – livre – Sala Adoniran Barbosa
O projeto falado de Rodrigo Brandão recebe o mítico trio instrumental Azymuth para uma apresentação especial para a Virada, que conta também com as participações de Rodrigo Carneiro, Guilherme Granado, dentre outros.

Moda/dança
FLESHION!
Fleshion [aparências]

Dia 18/5, sábado, às 20h – 60min – livre – Piso Flávio de Carvalho
Performance coordenada pela coreógrafa Thelma Bonavita, que navega entre as fronteiras do corpo e da moda em constante fricção, a partir do toque, especulando também noções de tempo.

ENEGRECÍDIO + Próloga
Dia 18/5, sábado, às 20h – 240min – livre – Piso Flávio de Carvalho
Performance que subverte a subjetividade do consciente coletivo sobre corpos e vestimentas, pesquisa sobre a profundidade da imagem para além do que somos capazes de ver.

Sambada de Reis
Dias 18 e 19/5, sábado, às 21h, e domingo, às 11h – 60min – livre – Área de Convivência
Ao som de instrumentos típicos, folgazões comemoram o grande baile oferecido pelo Capitão Marinho com brincadores que se unem à festa compondo variados desenhos coreográficos e jogos ritmados, bonecos gigantes e figuras mascaradas como o “soldado da gurita”, “mateus”, o “mané pequenino”, a “margarida” e o “boi”.

Quartabê + Luiza Lian + Alessandra Leão + Ava Rocha
dia 19/5, domingo, às 0h – 90min – livre – Sala Adoniran Barbosa
Algumas das principais autoras da música brasileira contemporânea se apresentam na madrugada do sábado para o domingo da Virada Cultural do CCSP: o grupo Quartabê (com seu disco Lição #2: Dorival); Luiza Lian; Alessandra Leão e Ava Rocha (com seu álbum Trança). O show termina com uma inédita apresentação coletiva das artistas.

Sarau Têxtil
Dia 19/5, domingo, às 16h – livre – Piso Flávio de Carvalho
Um microfone aberto para a livre costura entre o público e suas vestes, em múltiplas linguagens. Cada participante pendurará a sua roupa na arara coletiva. Quando selecionada por alguém que iniciará a atividade, terá alguns minutos para compartilhar suas memórias afetivas, escolhendo uma nova peça.

Teatro
Virada Cena Trans

Dia 18/5, sábado, às 21h – 50min – 14 anos – Espaço Cênico Ademar Guerra
Artistas trans de destaque nas diversas artes do corpo apresentam um espetáculo que transita entre música, performance, teatro e audiovisual.
Direção e dramaturgia: Ave Terrena Alves – elenco: Aretha Sadick, Erika Hilton, Leona Jhovs, Neon Cunha, PamkaPauli – vídeos e produção audiovisual: Nu Abe.

Ação cultural
Laboratório Fotográfico aberto
Dia 18/5, sábado, às 18h – livre – Laboratório Fotográfico – LabFoto (Piso 23 de Maio – Porão)
Visitação e demonstração de revelação de papel fotográfico e abertura da exposição coletiva com fotos dos participantes das oficinas realizadas ao longo desses últimos cinco meses pelo Coletivo PinRolê.

Produção Coletiva de Mural Lambe-Lambe
Dia 18/5, sábado, às 23h – 180min – livre – Folhetaria
Intervenção artística com o coletivo OCUPEACIDADE, que propõe a utilização de duas técnicas de produção de lambe-lambe: a serigrafia e o estêncil.

Erick Jay e DJ Typá
Dia 18/5, sábado, às 23h – 120min – livre – Jardim Eurico Prado Lopes (rampa de acesso ao metrô)
Erick Jay e a DJ Typá transformam a rampa de acesso do metrô Vergueiro em pista de dança na noite de sábado para seu repertório de hip hop, seguido de uma conversa sobre música e a cultura das pick-ups.

Xilotekoa – Histórias Encantadas da Aldeia
Dia 19/5, domingo, às 10h – 180min – livre – Jardim Suspenso (lado 23 de Maio)
Com o Coletivo Tenonderã Ayvu, a atividade realizada no Jardim Suspenso do CCSP propõe uma experiência de desenho e xilogravura com temáticas baseadas em histórias contadas pelos xeramoi (lideranças espirituais Guarani Mbya)

Workshop Estêncil & Estampa
Dia 19/5, domingo, às 14h – 240min – livre – Jardim Suspenso (lado 23 de Maio) e Folhetaria
A artista Mônica Nador (do Jardim Miriam Arte Clube, o JAMAC) convida o público para a atividade Estêncil & Estampa, oficina de desenho e pintura em estêncil nos espaços da Horta Colaborativa e da Folhetaria.

Sobre o evento

Criada para refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que “nunca para”, a Virada Cultural é um evento promovido pela Prefeitura de São Paulo que oferece atrações culturais para pessoas de todas as faixas etárias, classes sociais e gostos que ocupam, ao mesmo tempo, a mesma região da cidade.

Fonte: CCSP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *