Enem 2019: saiba como solicitar isenção de taxa de inscrição

Saiba mais sobre o Programa Permanente de Controle Reprodutivo de Cães e Gatos
abril 2, 2019
Cursos gratuitos de capacitação para o mercado de trabalho
abril 3, 2019

Enem 2019: saiba como solicitar isenção de taxa de inscrição

De 1° a 10 de abril estarão abertas as solicitações de isenção a respeito da taxa de inscrição do Enem 2019. Para ter direito a gratuidade, é necessário:

  • Está cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;
  • Cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada; e tem renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • Está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que possua Número de Identificação Social (NIS), único e válido; e tem renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

O resultado será divulgado no dia 17 de abril. O interessado poderá acompanhar seu pedido e realizar suas solicitações por meio da Área do Participante, disponível no site da INEP. Se sua solicitação não for aceita, não significa que não esteja inscrito. Todos, sem exceção, deverão participar das inscrições que ocorrem em maio. Você pode recorrer da decisão de resposta negativa de 22 e 26 de abril, na aba indicada acima.

Documentos necessários

Os candidatos que precisarem comprovar a isenção precisaram estar em posso destes documentos:

  • Documento de identificação (Cédula de Identidade) do participante e dos demais membros que compõem o núcleo familiar;
  • Declaração que comprove a realização de todo o ensino médio em escola do sistema público de ensinodo Brasil (municipal, estadual ou federal) ou histórico escolar do ensino médio, com assinatura e carimbo da escola; e, no caso de participante bolsista, acrescentar a declaração da escola que comprove a condição de bolsista integral em todo o ensino médio;
  • Como comprovante da renda declarada, será aceito um dos documentos relacionados a seguir, referente ao mês corrente ou, no máximo, a três meses anteriores:
  • Comprovante de pagamento, como holerite ou contracheque, recibo de pagamento por serviçosprestados, envelope de pagamento ou declaração do empregador;
  • Declaração original, assinada pelo próprio interessado, para os autônomos e trabalhadores em atividades informais, contendo as seguintes informações: nome, atividade que desenvolve, local onde a executa, telefone, há quanto tempo a exerce e renda bruta mensal em reais;
  • Extrato de rendimentos fornecido pelo INSS ou por outras fontes, referente à aposentadoria, auxílio-doença, pensão, pecúlio, auxílio-reclusão e previdência privada. Na falta destes, extrato bancário identificado, com o valor do crédito do benefício;
  • Recibo de comissões, aluguéis, pró-labores e outros;
  • Recibo de seguro-desemprego e do FGTS;
  • Rescisão do último contrato de trabalho;
  • Comprovante do valor da pensão alimentícia. Na falta deste extrato ou declaração de quem a concede, especificando o valor;
  • Comprovantes de benefícios concedidos por programas sociais, como bolsa-família;
  • Declaração original da pessoa que concede ajuda financeira ao interessado, pagamento de despesas com escola ou de outras despesas, contendo as seguintes informações: nome, endereço, telefone, valor concedido e finalidade;
  • Comprovante de residência no Brasil (conta de água, energia elétrica, gás, telefone, carnê de IPTU, correspondências oficiais ou bancárias).
  • Cópia do cartão com o Número de Identificação Social (NIS) válido, no qual está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou documento com o Número de Identificação Social (NIS) válido, no qual está inscrito no CadÚnico.
  • Nome completo e CPF da mãe do participante.
  • Declaração escolar que comprove está cursando a última série do ensino médio em 2019, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública, declarada ao Censo Escolar da Educação Básica.

Justificativa de ausência 

Caso o estudante tenha conseguido a isenção no ano passado, mas faltou nos dois dias de prova, poderá justificar sua ausência de 1º a 10 de abril. Para saber quais os documentos aceitos, clique aqui.

Solicitação de atendimento

Precisa de algum auxílio de acessibilidade? Faça sua solicitação de 6 a 17 de maio. São três tipos de atendimentos, com 13 recursos:

  • Autismo
  • Baixa visão
  • Cegueira
  • Deficiência auditiva
  • Deficiência física
  • Deficiência intelectual (mental)
  • Déficit de atenção
  • Discalculia
  • Dislexia
  • Surdez
  • Surdocegueira
  • Visão Monocular
  • Gestante
  • Idoso
  • Lactante
  • Estudante em Classe Hospitalar
  • Outra Situação Específica

Inscrições 

As inscrições ocorrerão de 6 a 17 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 85 reais, e pode ser paga em agência bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios. Após a confirmação da inscrição, em outubro, você terá acesso ao seu cartão de confirmação com as seguintes informações: número de inscrição; data, hora e local das provas; atendimento especializado e/ou específico (se solicitado) e opção de Linguá Estrangeira.

Cronograma

Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 1 a 10/4/2019

Justificativa de ausência no Enem 2018: 1 a 10/4/2019

Inscrições: 6 a 17/5/2019

Pagamento da taxa de inscrição: 6 a 23/5/2019

Solicitação de Atendimento pelo Nome Social: 20 a 24/5/2019

Aplicação: 3 e 10/11/2019

Sobre a prova

Serão 4 provas objetivas, sendo 45 questões cada 

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

1 redação, de no máximo, 30 linhas 

  • Texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema

Novidades para 2019 

  • Novo sistema de inscrição;
  • Inclusão de foto na inscrição (opcional);
  • Espaço para rascunho da redação (pautado) e cálculos no final no caderno de questões;
  • Todos os lanches serão revistados no dia da aplicação;
  • Surdos, deficiente auditivos e surdocegos poderão indicar, durante a inscrição, o uso do aparelho auditivo ou de implante coclear.

Para saber mais informações sobre o Enem, clique aqui.

Fonte: INEP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *