Atualmente, a rede socioassistencial da SMADS atende 2.365 crianças e adolescentes nos SAICAs e 95 em Casas Lares. Todos os equipamentos têm características residenciais, sem placas de identificação e com endereços sigilosos, para a preservação da identidade e integridade dos acolhidos.