Conheça o plano de combate ao mosquito Aedes Aegypti

Aulas de basquete gratuitas nos Centros Esportivos Municipais
novembro 7, 2018
Hiper-realismo e realidade virtual em nova exposição do CCBB SP
novembro 9, 2018

Conheça o plano de combate ao mosquito Aedes Aegypti

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta quinta-feira o Plano Municipal de Enfrentamento às Arboviroses, um conjunto de providências técnicas e práticas intersecretariais para o combate e a prevenção de arboviroses (dengue, zika, chikungunya e febre amarela), na cidade de São Paulo. Neste ano, até outubro, foram confirmados 505 casos de dengue no município; em 2017 foram 866 casos e não houve registro de óbitos nos dois períodos.

Um dos pontos mais importantes deste plano é a intersetorialidade (parcerias), visto que as ações previstas envolvem diversas áreas da administração pública como Gabinete do Prefeito, Gestão, Assistência Social, Esporte e Lazer, Mobilidade e Transporte, Governo, Educação, Subprefeituras, Segurança Urbana e Defesa Civil, Verde e Meio Ambiente, Inovação e Tecnologia, Prodam, além da sociedade civil e algumas instituições.

Treinamentos e ações

Desde 29 de Outubro mais de  8,5 mil Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e 240 Agentes de Proteção Ambiental (APAs), estão recebendo capacitação, que deve ser concluída até o final do mês. São três temas principais: Dengue e outras arboviroses; Características do mosquito Aedes aegypti e eliminação de criadouros do mosquito. O material também será disponibilizado a população em geral, por meio eletrônico, por download no hotsite da ação, que será lançado.

Entre os dias 22 de outubro e 6 de novembro a SMS, 337 profissionais – sendo 79 ACS e 258 Agentes de Controle de Endemias (ACE) – realizaram diversas ações em cemitérios públicos para a prevenção das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

Também foram realizadas inspeções em vasos de plantas, com a busca e eliminação de criadouros do Aedes aegypti, distribuição de folders educativos, orientações de cuidados de prevenção e aplicação de larvicida biológico BTI (utilizado em nebulização de pontos estratégicos, como desmanches, borracharias, etc. O município de São Paulo foi o primeiro a introduzir nebulização com este produto).

Dia D

No dia 24 de novembro, a PMSP realizará o Dia D de combate às arboviroses, com 11 mil profissionais nas ruas para orientação, distribuição de material educativo, eliminação de criadouros, limpeza de pontos estratégicos e vacinação de febre amarela. Serão 8.500 ACS, 240 APAs e 2.292 ACEs.

Sala de Situação 

O plano envolve também a implantação de uma Sala de Situação, com os técnicos da SMS, para acompanhamento da evolução epidemiológica das arboviroses, bem como a definição das diretrizes e planejamento de ações, a partir de novembro. A Central Telefônica SP156 também estará disponível para tirar dúvidas diversas sobre as doenças dengue, chikungunya e zika e febre amarela.

Fonte: Prefeitura de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *