Exposição traz como tema de exposição o artesanato em palha de carnaúba

SMDE oferece oficina gratuita sobre a utilização de ferramentas de marketing
setembro 27, 2018
BAIRRO DO LIMÃO: 97 ANOS
outubro 1, 2018

Exposição traz como tema de exposição o artesanato em palha de carnaúba

A exposição “A Casa AMA Carnaúba” apresenta ao público o trabalho das artesãs que produzem diversos objetos (bolsas, tapetes, pufes, cestos, etc) feitos com palha de carnaúba, árvore nativa do semiárido. Todos são feitos manualmente, por moradoras  do Vale do Jaguaribe, a cerca de 180 quilômetros de Fortaleza, Ceará.

A parceria com A CASA ajudou a aprimorar o artesanato típico do semiárido e garantir um valor agregado maior para as peças vendidas. Há mais de 20 anos o museu paulista promove o artesanato brasileiro com exposições e ações em diferentes comunidades, compartilha conhecimento e, principalmente, valoriza a diversidade de técnicas tradicionais encontradas em cada região do país. O museu convida designers de artesanato que trazem a produção artesanal tradicional para o contemporâneo, mas sem que haja alterações nas técnicas já dominadas pelo artesão.

Com o trabalho nas cinco comunidades, o projeto proporcionou a troca de saberes e experiências entre os pequenos povoados. Cada uma delas ficou responsável por coleções específicas. Enquanto algumas produziram peças com a fibra natural para a fabricação de bolsas, mesas e bancos, outras especializaram-se na criação de cestos, de diferentes tamanhos e modelos. Já as artesãs de Itaiçaba e Palhano criaram produtos feitos com palha de carnaúba tingida: são luminárias, pufes, cestos, tapetes e esteiras de cores vivas. Todas as peças estarão à venda na exposição. Todo o projeto, desde a capacitação das artesãs até os objetos da mostra, está registrado no livro A CASA AMA Carnaúba, que também estará disponível no museu.

Sobre a carnaúba

A carnaúba é símbolo de resistência e longevidade. A árvore é nativa do bioma caatinga e consegue se adaptar ao clima semiárido da região por suas raízes profundas. Dela se aproveita tudo: folhas, tronco e raiz. Sua madeira é utilizada na construção de casas e algumas peças de marcenaria; suas raízes, segundo a cultura popular, tem propriedades medicinais. Das folhas, além da palha que é utilizada para o artesanato, extrai-se a cera de carnaúba, matéria-prima utilizada na composição de produtos para polimento, lubrificantes, vernizes, tinturas e cosméticos. Esse tesouro nordestino é, ademais, sustentável: todos os possíveis processos de utilização de seus recursos não são agressivos ao meio ambiente e as árvores preservam o solo contra a erosão.

Sobre o museu 

A CASA museu do objeto brasileiro conta com duas estruturas: a A CASA e A CASA – Anexo. Ambas trabalham lado a lado, literalmente: funcionam em casas vizinhas localizadas na Avenida Pedroso Morais, no bairro Pinheiros da capital paulista. A CASA recebe exposições e atividades culturais, tais como cursos, palestras, seminários, debates e lançamentos de livros. A CASA – Anexo é o espaço onde já funcionam as áreas de direção, coordenação, administração e secretaria do museu, além de abrigar a biblioteca, aberta para consulta do público. Eventualmente, A CASA – Anexo também poderá receber ações culturais.

Para saber mais informações a respeito da exposição, clique aqui.

Serviço

A Casa

De 06/09/18 à 04/11/18 – Gratuito.

Avenida Pedroso de Morais, 1216 – Pinheiros, São Paulo, SP.

Telefone: (11) 3814-9711.

Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, Sexta-feira, Sábado, Domingo das 10:00h às 18:30h.

Fonte: A Casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *