Câncer de Mama é tratável se diagnosticado precocemente

Saiba tudo sobre seu IPTU
março 19, 2018
Curso de capacitação para estudantes do ensino médio
março 21, 2018

Câncer de Mama é tratável se diagnosticado precocemente

O Câncer de Mama representa uma das principais causas de morte das mulheres no Brasil e no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS. Com a realização de um diagnóstico precoce, o tratamento e as chances de recuperação apresentam bons índices de sucesso.

O que é o Câncer de Mama?

É um tumor maligno que se desenvolve nos seios podendo chegar à axila e até mesmo aparecer em outros órgãos. Como todo câncer, ele se desenvolve no crescimento rápido e desalinhado das células. Quando as células adquirem características anormais, podem causar uma ou mais mutações no material genético da célula. Esta doença acontece quase exclusivamente em mulheres, porém existem casos de homens com câncer de mama também. Algumas mutações possuem a capacidade de fazer com que uma célula apenas se divida, e assim não atinjam outros tecidos, estes são chamados de tumores benignos ou não cancerosos.

Fatores de risco

Ser do sexo feminino, histórico familiar (1° e 2° grau) ou pessoal (ausência de filhos), idade entre 50 e 70 anos, fatores genéticos, primeira gravidez após os 30 anos de idade, uso de hormônios externos, consumo de álcool, fumo, doença mamaria prévia, não amamentação, radiação torácica e obesidade.

Principais sintomas

Geralmente na forma de um tumor. Outros sintomas menos frequentes constituem o endurecimento mamário, a presença de secreção pelo mamilo com aspecto de água de rocha ou sangue e o aparecimento de gânglios axilares.

Tratamento

É multidisciplinar, já que poderão estar envolvidos dois ou mais médicos de especialidades diferentes, dependendo do diagnóstico. No tratamento cirúrgico, pode correr a retirada de uma ou das duas mamas para a extração do tumor. No tratamento oncológico, a paciente poderá ser submetida a tratamentos antes (neoadjuvante) ou após a cirurgia (adjuvante). Em outros casos, pode ocorrer a quimioterapia, hormonioterapia ou tratamento alvo-específico.

Como prevenir?

A melhor maneira de prevenir é o autocuidado com as mamas. É sugerido que mensalmente seja realizado um autoexame de rotina, preferencialmente uma semana antes do período menstrual. A mamografia deve ser realizada anualmente a partir dos 40 anos, pois seu diagnóstico é preciso e quando feito precocemente pode aumentar a porcentagem de cura.

Mulheres de peito

Criado pela Secretaria de Estado de São Paulo, o programa tem como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância da realização do exame, assim facilitando o acesso ao mesmo, com dispensa médica e facilidade de agendamento e garantia de tratamento quando confirmado o diagnóstico. Para conhecer mais, clique aqui.

É muito importante que a prevenção seja realizada e quando atestado o diagnóstico, procurar ajuda médica para início do tratamento. Lembre-se, cuidar de sua saúde física, mental e psicológica é fundamental!

Fontes: Secretaria do Estado da Saúde, Hospital de Câncer de Barretos e Clínica das Mamas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *